"Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem.

Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles.

Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena fé?

Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer? ’ ou ‘que vamos beber? ’ ou ‘que vamos vestir? ’

Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas.

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas"

Mateus 6:28 a 33

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Sur L'Amour





"O Amor pode perdoar todas as fraquezas e assim mesmo amar, a despeito delas, mas não pode deixar de querer que elas sejam eliminadas."
 
O problema do sofrimento
C. S. Lewis

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Sur le Sourire...



"Sorriso, diz-me aqui o dicionário, é o acto de sorrir. E sorrir é rir sem fazer ruído e executando contracção muscular da boca e dos olhos.

O sorriso, meus amigos, é muito mais do que estas pobres definições, e eu pasmo ao imaginar o autor do dicionário no acto de escrever o seu verbete, assim a frio, como se nunca tivesse sorrido na vida. Por aqui se vê até que ponto o que as pessoas fazem pode diferir do que dizem. Caio em completo devaneio e ponho-me a sonhar um dicionário que desse precisamente, exactamente, o sentido das palavras e transformasse em fio-de-prumo a rede em que, na prática de todos os dias, elas nos envolvem.


Não há dois sorrisos iguais. Temos o sorriso de troça, o sorriso superior e o seu contrário humilde, o de ternura, o de cepticismo, o amargo e o irónico, o sorriso de esperança, o de condescendência, o deslumbrado, o de embaraço, e (por que não?) o de quem morre. E há muitos mais. Mas nenhum deles é o Sorriso.


O Sorriso (este, com maiúsculas) vem sempre de longe. É a manifestação de uma sabedoria profunda, não tem nada que ver com as contracções musculares e não cabe numa definição de dicionário. Principia por um leve mover de rosto, às vezes hesitante, por um frémito interior que nasce nas mais secretas camadas do ser. Se move músculos é porque não tem outra maneira de exprimir-se. Mas não terá? Não conhecemos nós sorrisos que são rápidos clarões, como esse brilho súbito e inexplicável que soltam os peixes nas águas fundas? Quando a luz do sol passa sobre os campos ao sabor do vento e da nuvem, que foi que na terra se moveu? E contudo era um sorriso."



José Saramago

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

E que venham as flores!




"O amor faz parte da poesia da vida.
Devemos viver esta poesia que não pode espalhar-se pela vida como um todo, e isso porque, se tudo fosse poesia, não haveria espaço para a prosa.
Da mesma maneira que o sofrimento deve existir para que se conheça a felicidade, deverá também haver prosa para que haja poesia."

Edgar Morin - Amor Poesia Sabedoria




O inverno já passou.
É primavera.
E que venham as flores!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

De muda em muda...


Encontros preciosos não são necessariamente os que nos trazem jardins já floridos.

São, um bocado de vezes, aqueles que nos ofertam mudas.
 
Ana Jácomo
 
 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Tempo, tempo, tempo... mano velho...


"Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez."


Minhas reflexões consomem tempo.
Por esse motivo o blog está um pouco "abandonado".
Idas e vindas.
Isso ou aquilo.
Lá ou aqui.
Decisões implicam perdas.
Nunca fui muito boa em aceitá-las...

Enquanto isso:
Tic Tac Tic Tac

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Chocolate e Vinho


Chocolate e vinho para a alma!

Do sabor das coisas

Por mais raro que seja, ou mais antigo,
Só um vinho é deveras excelente:
Aquele que tu bebes calmamente
Com o teu mais velho e silencioso amigo...
Quintana, Mario

terça-feira, 12 de abril de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

Sur L'Amour



De forma
bem constante
já não julgo
importante
ser feliz
a todo instante.

Mas ainda mantenho
um desejo
ligeiro
de ser feliz
por inteiro.

*Tereza Zambrini*

Créditos para o Reino das Palavras

quarta-feira, 9 de março de 2011

Changements d'heure...



É necessário descobrir novas rotas,
Novas trilhas...

***

A mudança

A alegre, a festiva agitação das panelas e tachos
A inútil zanga dos velhos armários de mogno, solenes,
Achando tudo aquilo uma grande palhaçada...
As xícaras e pires fazendo tlin-tlin-tlin-tlin
As gaiolas dos passarinhos cantando em coro com os 
                                                   [próprios passarinhos
Oh! A alegria das coisas com aquela mudança
Para onde? Não importa! Desde que não seja
Este eterno mesmo lugar!

M. Quintana

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Refreshing my soul...


Très Intéressant...


Enquanto assistia pensei em uma metáfora sobre a vida.

"Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus".
 Mateus 5:16

"Porque outrora vocês eram trevas, mas agora são luz no Senhor. Vivam como filhos da luz,
pois o fruto da luz consiste em toda bondade, justiça e verdade;
e aprendam a discernir o que é agradável ao Senhor"
Efésios 5:8 a 10


Sem o calor da chama somos apenas cera dura, coisa inútil, coisa morta.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Mon Anniversaire...



"São os sonhos que seguram o mundo na sua órbita"
José Saramago

Ainda meio zonza pelos mais recentes "giros" do meu mundo,
nunca tive tanta certeza disso quanto agora.

Concordo plenamente com Saramago.

Pelo simples fato de que mesmo após os últimos terremotos na minha vida,
não perdi o eixo referencial.

Obrigada Senhor por guardar meu coração.

"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração,
porque dele procedem as fontes da vida"
Provérbios 4:23

Ah... Quase esqueço de mencionar...
Ontem foi meu aniversário...
Parabéns pra mim!
=D 

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

...


 
 Não sei o nome do cheiro,
Nem sei de que cor é essa paisagem...

Que coisa difícil de explicar...
 
Apenas:
Sinto saudades do amanhã.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Premier Jour


Primeiro post do ano.

Lembrei de Drummond, do clássico, sobre o Ano Novo.
 Mas não,
Não é isso o que quero postar...

Também não quero postar sobre:
O que tanto quero pra 2011
ou
O que tanto quero deixar pra trás em 2010

Simplesmente
Começo o ano voltando atrás
Nas antigas memórias guardadas
Em cada verso das canções
Que fizeram "trilha sonora" da minha vida

Hoje Pedrinho completa um ano.
Beijo da tia.

"Um amor, um lugar
Pra sonhar
Pra que a dor possa sempre mostrar
Algo de bom..."

Paralamas

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sur L'Amour


"Porque eu me imaginava mais forte.
Porque fazia do amor um cálculo matemático errado:
pensava que, somando as compreensões, eu amava.
Não sabia que, somando as incompreensões, é que se ama verdadeiramente"

Clarice Lispector

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A propos de moi...


"O meu mundo não é como o dos outros,
quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito,
uma angústia constante que eu nem mesma compreendo,
pois estou longe de ser uma pessoa;
sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada,
uma alma que não se sente bem onde está,
que tem saudade…
sei lá de quê!"

Florbela Espanca

Patience...



Paciência.
  Aprende-se esperando...

"Le génie n'est qu'une plus grande aptitude à la patience"
Georges-Louis Leclerc 

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Pour Aujourd'hui...


video


Seven years - Norah Jones

Spinning, laughing, dancing to
her favorite song
A little girl with nothing wrong
Is all alone

Eyes wide open
Always hoping for the sun
And she'll sing her song to anyone
that comes along

Fragile as a leaf in autumn
Just fallin' to the ground

Without a sound

Crooked little smile on her face
Tells a tale of grace
That's all her own

Spinning, laughing, dancing to her favorite song
A little girl with nothing wrong
And she's all alone

terça-feira, 28 de setembro de 2010

...


Sem inspiração nenhuma para bloggar...

Apenas trabalhando, estudando, respirando, vivendo...

Um dia após o outro...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Sobre política...

Nem sei mais o que pensar...
Acho que realmente política e religião não deveriam "se misturar"...
É muito fácil ocorrer um "deslize" e pronto!
Problemas à vista.
Situação delicada.